Rádio Arco iris FM
Publicidade
Publicidade
Cotriguaçu/MT
Min.
Máx.
Advogada de Suzano vende casa, carro e escritório para viajar o mundo com a filha: 'É um recomeço'
25/03/2019

Andreia Silva, de 43 anos, e a filha Mayara Quagliero, de 23, embarcam nesta segunda-feira para Miami, em uma viagem que deve durar, pelo menos, um ano. As duas levam na bagagem o anseio de descobrir novos jeitos de viver. Andreia e a filha Mayara já conheceram o Egito. Mayara Quagliarelo/Arquivo Pessoal. Às 9h desta segunda-feira, um avião deixará o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, levando duas passageiras em busca de recomeço. A advogada Andreia Silva, de 43 anos, que se desfez de casa, carro e apartamento para a aventura, e a filha, Mayara Quagliare, de 23 anos, que trancou o último semestre da graduação em artes cênicas para dividir o momento com a mãe. As moradoras de Suzano esperam encontrar novo sentido para a vida no contato com outras culturas. A advogada conta que veio de família simples e, desde pequena, sempre teve como metas de vida ser estudiosa e poder viajar. A ideia do mochilão surgiu depois que voltou de uma viagem à Índia em março de 2016. Mas o projeto ficou parado por algum tempo, porque precisou cuidar da mãe, que morreu em junho de 2017. De lá para cá, muitas fichas começaram a cair e, ao mesmo tempo, outras coisas deixaram de fazer sentido. "Eu percebi que nem mesmo o meu cabelo eu reconhecia. Fiquei com o sentimento de que a vida inteira eu usei ele liso e longo para estar no padrão social. Decidi cortar ele bem baixinho", conta. Ainda no processo de desconstrução de tudo aquilo que ela seguiu durante tantos anos, Andreia começou pela venda do carro e da casa. A etapa mais difícil foi se desfazer do escritório, porque além de ficar sem os bens materiais, ficaria sem renda. "Mas tudo isso fazia parte de uma pessoa que eu não reconheço mais. Sempre amei ser advogada, mas será que eu também não posso ser outra coisa? Não é que me falta felicidade, mas falta sentido. O que eu preciso agora é disso. Mesmo o que não der certo, também vai valer, porque será aprendizado. É um recomeço.", conta. Mãe e filha ainda não têm roteiro fechado de quais locais vão visitar. O primeiro destino será Miami, onde devem parar para comprar os objetos que vão utilizar na viagem, principalmente uma câmera, já que elas devem registrar em blog, com textos e fotos, toda a trajetória. Mas elas já destacaram que vão ir a Jerusalém, África, Índia, e fazer o caminhão de São Thiago Compostela, entre a França e Espanha. "Eu já fui turista por muitas vezes, mas agora eu serei uma viajante. Tem um motivo maior em tudo isso, que é o de encontrar a pessoa eu quero ser. Só conhecendo outras culturas eu vou responder. Então é uma viagem espiritual", diz. Parceria A princípio, Andreia ia viajar sozinha, já que a filha se encontrou no curso de artes cênicas e decidiu seguir carreira na área. Mas, há 15 dias, quando a mãe foi comprar as passagens, Mayara percebeu que, assim como a mãe, a vida dela estava sem sentido, e resolveu dividir a aventura de viajar por um tempo. "Para a sociedade não deve ser normal uma mãe aceitar que a filha tranque o último semestre de faculdade para viajar. Mas, como eu já disse, o plano é bem maior do que ter uma graduação. Quando voltar, ela pode terminar", diz. Viagem à Índia foi uma das mais marcantes para mãe e filha, que devem retornar ao país durante mochilão. Mayara Quagliarelo/Arquivo Pessoal Já Mayara conta que, como atriz, ela tem o corpo como material de trabalho, por isso ele precisa estar bem. "Não tenho dúvidas de que devo voltar uma pessoa melhor e conhecendo melhor a mim mesma. Estou com um frio na barriga, ansiosa e, ao mesmo tempo, com o coração cheio de esperança. Cada novo jeito de viver que eu conhecer, vai me ajudar a me descobrir", pontua. Até o último centavo Com o dinheiro que conseguiu com a venda dos bens e da poupança que fez para a filha durante a vida, e que entrou no orçamento após a decisão dela de acompanhar a mãe, Andreia espera ficar por, pelo menos, um ano viajando. "Esse é o tempo mínimo. Mas eu tenho planos de trabalhar talvez por troca de estadia. Não vamos ficar em hotéis caros, vamos atrás de vivências", destaca Andreia.
Fonte: G1
Brasil caboclo
05:00 as 08:00
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Avenida sete de setembro - Cotriguaçu/MT
Ligue agora
(66) 3555-1217
Horário de atendimento
07:00 AS 18:00 HS